domingo, 9 de dezembro de 2012

Vaquinha de Presépio



Você sabe qual é a maior dificuldade em ir ao mercado no final do ano? Não são as filas (sim, também me incomodam), mas o pior é ficar ouvindo aquela musiquinha natalina tocando o tempo todo. Não tem como não ficar pensando a respeito...
As pessoas são tão sentimentais que chegam a me deixar revoltada. Eu digo isto pois todo mundo se comporta como aquela vaquinha de presépio, sempre obediente, sempre a postos, paradinha lá porque alguém a colocou, sem dar palpites nem muito menos raciocinar. Digo isto porque as pessoas comemoram algo sem ao menos ter idéia da onde veio e para que (mas isso já é outro assunto, melhor não  falar agora senão o post vai ter 2 metros de extensão). 
O que eu fico pensando lá no mercado quando sou obrigada a ficar ouvindo a tal musiquinha é no fato das pessoas tentarem resgatar valores, que nunca deveriam ter sido deixados de lado, somente nesta época do ano. Tem falsidade maior? Sinto falta de ver as crianças respeitando os pais, os adolescentes agindo com educação diante dos mais velhos, dos homens sendo gentis e cavalheiros (não falo do meu marido, ele não é assim), das famílias sentando às mesas para comerem juntas, orarem juntas para agradecer a Deus pela refeição e por suas vidas (não só no Natal, mas no ano todo). Hoje fiquei me lembrando de meu avô (já falecido) que tinha 9 filhos e um montão de netos, que fazia questão de orar à mesa, mesmo com toda a algazarra que acontecia à sua volta, criançada correndo, filhos (as), noras e genros não muito contentes com aquele momento pois na verdade o  que queriam mesmo era "atacar" todos os pratos daquela mesa... (e ele não fazia isso somente no Natal, mas todas as vezes que reunia a família). E o que vemos hoje? Cada um comendo na frente de uma TV ou computador, e se estiverem todos à mesa, não vemos a gentileza, o amor, e o respeito que se deveria ter. 
Então porque agora as pessoas tentam resgatar estes valores? É, no mínimo, hipocrisia. 
Este post é um alerta para as pessoas que acham importante ter uma família, mas se esquecem de cuidar dela. Querem um casamento feliz, mas ignoram os princípios básicos do amor, da fidelidade e do respeito. Querem filhos obedientes mas não dão exemplo para que os filhos sigam. 
Você deve estar pensando: " como ela é pessimista". E eu digo "não, eu não sou"! Na verdade, eu acredito na mudança que pode acontecer dentro de todo ser humano que de fato entrega a sua vida para Deus e não anda conforme querem que ela ande (a tal vaquinha "imóvel" do presépio).
Você que se encaixou neste contexto de hipocrisia mas que quer mudar (se quer uma vida diferente daqui por diante) não se preocupe como viveu até hoje, mas como quer viver daqui para frente. Não olhe para trás, mas adiante, projetando sonhos e mudanças primeiro dentro de você. Isso será refletido do lado de fora. Mas você terá que ser perseverante nas decisões que tomar, mesmo quando os "amigos" tentarem te atrapalhar. Está difícil? Deus pode tudo e quer muito te ajudar. 

Um comentário :

  1. Vdd amiga, adorei o teu post...

    Depois de muita irritação por ser bloqueada no Picasa , estou de volta mais calminha kkkkkk

    Bjssssss querida e obrigada pelo carinho.

    Te desejo uma semana muito linda e iluminada.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...