domingo, 29 de julho de 2012

Imperativo ou Hiperativo?




Quando você é realmente de Deus existe dentro de você o desejo sincero de mudar tudo ao seu redor constantemente, pois o Espírito Santo que está em seu interior te leva a isso, a mudanças, melhorias, crescimento, visão de coisas grandes.
E tem pessoas que não conseguem entender isso, talvez por já estarem acomodadas em uma determinada situação há tanto tempo que só de pensar em sair desta zona de conforto as deixa abalada. Daí quando elas se defrontam com alguém ávido por mudanças, chegam a taxá-lo (a) de “imperativo”, ou seja, alguém que parece um general, mandão (segundo o dicionário, a palavra imperativo usada como adjetivo significa alguém que ordena, é autoritário ou arrogante). Mas na verdade essa pessoa, na maioria das vezes, é quem tira ela daquela mesmice, dá um chacoalhão. Mas aí vem a pergunta, caso você tenha esbarrado com alguém assim: será que ele (a) é uma pessoa imperativa ou hiperativa?
Crianças hiperativas são consideradas extremamente agitadas, se cansam rapidamente de atividades corriqueiras e dão muito trabalho para pais e professores. Mas será que um adulto assim, cheio de energia, que consegue enxergar além do que está ao seu redor, que tem sede de mudança e incomoda muita gente acomodada, é algum problema? Creio que não, especialmente se ele (a) for uma pessoa guiada pelo Espírito de Deus, se tornando um visionário (a), mudando as coisas que pareciam imutáveis. Mudanças fazem parte da vida, o fato de aceitarmos elas ou não é o que nos faz sofrer ou não.
Você é cristão? Depois de ler isto tudo, você se considera alguém de fato levado pelo Espírito Santo, forte, firme nas suas batalhas e disposto a sacrificar sua vida para seu Deus? Ou tem sido medroso, preocupado, ansioso por ter que encarar situações novas?
Se alguém vai te chamar de mandão, te achar imperativo, somente pelo fato de você não ter medo de agir sua fé, não se incomode! Nem todos gostam da verdade, Jesus não conseguiu agradar a todos, mas nem por isso deixou de ir em frente.
Vai na sua fé, seja hiperativo, conquiste!

“Mas alguém dirá: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me essa tua fé sem as obras, e eu, com as obras, te mostrarei a minha fé.” Tiago 2-18

2 comentários :

  1. "Quando você é realmente de Deus"? Penso que se refira ao deus criador de "tudo" (o cristão) e se estiver correto em meu pensamento, pergunto: Como pode o que quer que exista não ser de deus? Ou não teria ele de fato criado tudo...?

    ResponderExcluir
  2. Olá Ozanan, em resposta a seu comentário,para esclarecer a afirmação feita no texto. Quando me refiro a "ser de Deus" não digo a respeito de quem é criatura de Deus, pois todos somos, mas sobre ser filho de Deus, onde nem todos são. Na Bíblia você encontra passagens que esclarecem a este respeito (João 1-12,13; Romanos 8,16; Gálatas 4-4,5; 1 João 3,1; João 3,3). Também conto um pouco do que aconteceu em minha vida a este respeito nesta postagem do blog:http://www.fabiolabianco.com/2012/08/mudanca-do-espirito-santo.html. Espero ter te esclarecido, obrigada por sua contribuição ao blog. Até mais!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...